Mostrando postagens com marcador TRALHAS.. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador TRALHAS.. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 7 de outubro de 2014

NOVAS TRALHAS ILUMINAÇÃO LED / MP3 BOOMBOX (ESPECIFICAÇÕES)

Para quem quiser saber mais sobre as novas "tralha", fica aqui suas especificações. Uma boa dica é sempre dar uma passada em lojas de ferragens e até mesmo mercados, sempre tem alguma coisas interessante com baixo custo que se adapte a necessidade campista.

Essas lanternas LED, a primeira eu encontrei numa loja de ferragens, após testa-la em casa, empolguei com os resultados, mas quando voltei na loja tinha acabado.
 

Essa outra lanterna LED eu econcontrei por acaso no ATACADÃO de campinas, não pude perder a oportunidade e garanti a minha.


Esse MP3 da Multilaser, eu encontrei no Makro de Campinas, anteriormente já tinha comprado um Boombox que ficava na churrasqueira de casa e hora ou outra ia com a gente para o camping, mas quando vi esse que era muito menor e super compacto, com bateria de Lítio e entrada para USB não resisti e acabei colocando no carrinho, ele ainda tem saída auxiliar que eu ligo no Notebook e cria um som stereo para as crianças verem DVD dentro da barraca, se não me engano paguei uns R$80,00 ano passado.
Som dele é muito bom, não distorce mesmo com o volume alto.


Abraços.
 Família Costa




segunda-feira, 6 de outubro de 2014

COMPACTANDO OS EQUIPAMENTOS (TRALHAS)

E ae galera barraqueira...
Já que não ta dando para acampar por esses dias, então bora lá dar uma atualizada no blog.
Seguindo a regra do campista de alma, enquanto a barraca fica mocosada no armário, aproveitamos para dar um review nos equipamentos, e uma das coisas que mais tem incomodado não só a mim mas em geral a todo campista são a quantidade de tralhas e o espaço que elas ocupam tanto em casa (que a esposa fica no pé) como na viagem ocupando bom espaço no porta malas, alem do tempo perdido na organização e instalação das mesmas no camping.
Pensando nisso e muito incomodado com essas questões, resolvi tirar o escorpião do bolso, mudar o mentalidade, deixar o saudosismo e estilo retrô de lado e partir para o novo.
Os resultados com nova repaginação dos equipamentos foi incrível, praticamento diminui mais da metade.

O que saiu:
- 03 lampiões adaptados para lâmpadas fluorecente com extensão (fabricação própria).
- 01 fogãozinho 2 bocas com mangueira, válvula e botijão de gás
- 01 rádio médio
- 30m de extensão
(Destino: Passou a fazer parte da churrasqueira de casa)


O que entrou:
- 02 break light com baterias recarregáveis (comprado em supermercado e lojas de ferragens)
- 01 fogareiro Duo Ceramik - Nautika (com opção de botijão ou cartucho)
- 01 mini rádio com bateria carregável.


Abaixo o resultado do compactação.



Abraços Galera.

Família Costa.



segunda-feira, 17 de março de 2014

ESTICADOR COM CATRACA, SUBSTITUI FITA FIX KAMPA.

E ae galera tralheira.

Bom essa postagem é mais uma dica para quem tá sempre correndo atrás de alguma novidade e equipamento para sua acampada.
Esse semana indo comprar óleo de motor para o camburão, na loja de acessório automotivo me deparei com esses esticadores com catraca que me chamaram muita atenção, e não sei dizer como, pularam da prateleira para meu carrinho de compras.

Trata-se dos esticadores com catraca da Luxcar, inicialmente usado para prender cargas no rack, ou na caçamba de veículos. Como já fazia algum tempo que estava de olho na "Fita Fix da Kampa", logo associei sua utilidade.



ESTICADORS COM CATRADA DA LUXCAR
FITA FIX DA KAMPA






São duas fitas com ganchos e catraca de 2,4m cada, totalizando um total de 4,8m, com mais uns 2 ou 3m da rede, pode-se chagar até um vão de 6 ou 7m entre árvores nos camping, podendo ser facílimente ajustada para medidas menores, suporta até 680kg, dá para qualquer casal de gordinhos passarem o dia todo na rede sem se preocupar. Alem de suas mil e uma utilidades que pode-se aplicar em casa, no veículo ou como sua imaginação quiser.
O comparativo de preços quase se igualam, nesses esticadores eu paguei R43,00 na loja da Acácia auto peças de Campinas. A Fita Fix da Kampa tá saindo por R47,00 no site da loja Mundo Terra.

Fica ai mais essa dica.
Abraços.
Família Costa.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

DESMONTAGEM BARRACA QUECHUA T6.2 E T6.2 XL AIR, SEM REMOÇÃO DOS QUARTOS E PISO

 Nesse final de semana, fiz o tão prometido video da dica que reduziria o tempo de montagem e desmontagem das barracas Quéchua T6.2 e T6.2 XL AIR.
 Essa idéia surgiu meio que por acidente, quando minha esposa Andreza, em nossa acampada no Pousada Pedra Grande, na hora da desmontagem da 2" seconds XXL IIII, desmontou os quartos da mesma, e pude observar que o sistema de montagem da 2" era muito semelhante ao da T6.2.


 Em nossa Expedição Brasília, durante a acampada no Ubatan, observando a necessidade de desmontar a T6.2 e remonta-la novamente no Camping Esplanada, resolvi colocar mãos a obra e fazer o teste. Na hora da desmontagem mantive os quartos sem retira-los, a Andreza não colocou muita fé que daria certo.
 Infelizmente a acampada no Esplanda não aconteceu, mas na nossa volta no repeteco no Ubatan, durante a montagem, ela se mostrou bem eficiente, e logo depois de passado e arqueado suas varetas, assim que a barraca ficou de pé, os quartos e a fiação elétrica já estavam prontos, faltando somente colocar os colchões e o resto das tralhas para dentro.
 Pude observar também que alguns pontos (ganchos "?") se soltaram, esses foram resolvidos com as fitilhas "estrangula gato", resolvido esse problema, nas demais montagens e desmontagens feitas com a T6.2 tradicional, se mostraram muito eficientes e rápidas.
 Na T6.2 XL AIR, pude observar que o piso dela também poderia ser mantido, e assim o fiz.
 Na desmontagem, o sistema de dobra da barraca é diferente aos vídeos que a Quéchua divulga, justamente por nessa desmontagem os quartos e o piso não serem retirados.
 Fica ai mais essa dica, com nosso vídeo mostrando os detalhes da preparação e desmontagem.

Abraços.
Família Costa.


sexta-feira, 9 de agosto de 2013

MALA DE CARGA PARA CARRO

Para quem gosta de acampar, mais uma tralha que adquiri recentemente, ou melhor um acessório bem prático para poder levar mais tralhas nas acampadas.
Buscando uma opção mais barata que o THULE, acabei encontrando essa "Mala de Carga".
Segue abaixo mais informações.





Preço R$ 299,00

Preço de ocasião  Lojas Americanas
R$ 199,00 (12x 16,00 s/ juros no cartão)

Mais algumas fotos dela em uso, realmente a capacidade de carga é enorme, ponto negativo é que ela é praticamente um mochilão, todo molengo, não existem estruturas para dar rigidez ao conjunto, porem ficou bem firma no teto da Blazer, e mesmo não botando muita fé nas fivelas e presilhas, ela suportou bem e se mostrou bem resistente mesmo andando a 120km/h. Gostei muito dessa aquisição, aprovada e recomendada.







Um Abraço.
Família Costa.




domingo, 19 de maio de 2013

GAMBIARRAS, TRANSFORMANDO CHURRASQUEIRA EM BAFO.

Bom dia pessoal.

Nada melhor do que  uma boa costela no bafo para transformar um almoço simples de domingo em um almoção.
Nesse espírito de metamorfose e na necessidade de um bafo maior, fiz uma adaptação de improviso na minha churrasqueira pré fabricada, transformando ela em um bafo. Posso garantir que deu conta do recado perfeitamente.



Fica ai mais essa dica aos churrasqueiros de plantão e apreciadores de uma boa carne.

Abraços.
Família Costa.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

ILUMINAÇÃO

Na preparativa pelo retorno do campismo e da primeira aventura das crianças, passei alguns dias varrendo a cidade em busca de lojas que tivessem os equipamentos que eu procurava, e um dos principais equipamentos p/ quem vai acampar com criança é a iluminação.
Em lojas como a Centauro e a Decathlon, achei varios tipos de iluminação com LED, e pilhas, mas com preços injustos, o mais barato e pior das opções fica em torno de R$60,00 e o melhor em torno de R$90,00. Em lojas como a Atacadão, Carrefour cheguei a achar uma opção de lamparina por R$ 4,99, porem essa opção se utiliza de querosene, o que logo foi descartado por motivos de segurança interna na barraca. Olhando lojas de materias elétricos, não consegui achar nenhuma opção de abajour que serviria a meus propósitos.
Eis que numa passada rápida pela Dicico p/ compra de parafusos, me deparo c/ um enfeite. Era uma balaustra decorativa p/ colocação de vela aromática, mas pelas dimensões logo há de servir. Comprei 3 delas,  3 interruptores desses de abajour, 3 niple, 3 tomadas e aproveitei alguns cabos elétricos que tinha de sobra em casa.  Somando os gastos, tudo isso não passou de 70,00.

Vamos ao passo a passo.
-Ferramentas (Alicate, Furadeira)
-Materiais (Balaustras, interruptores, niples, tomadas, bocais de lâmpada, fios, fita isolante)


Na parte de cima da balaustra, com a furadeira abri um furo necessário p/ colocação do niple.


Passando parte dos fios pelo niple, fiz a ligação do bocal da lâmpada, isolando c/ a fita.



Coloquei um interruptor e a tomada no fio, fiz as isolações necessárias, instalei a lâmpada.

Pronto, faça-se a luz. Mais uma tralha p/ levar p/ o acampamento.
Um abraço.
Familia Costa.

EXTENSÃO BARRACA CANANCE

Criançada empolgada, esposa relutando achando que ainda não é hora de levar as crianças para acampar, e eu ancioso para a retomada da vida camping.
Depois de ter passado uma noite acampado c/ as crianças no quintal,  e ver que os pequenos se adaptarem tão bem na velha barraca canadense, meu sonhos novamente se tornaram viaveis, mas dessa vez, por conta das crianças, uma barrava 2 colchonetes e uma lanterna já não eram mais suficientes para uma aventura, precisaria de uma infraestrura melhor, tralheiro e curioso que sou, vamos a luta...
Pesquisando na internet, por uma nova barraca  e novos equipamentos, sem querer topei com um site que tinha fotos de campings dos anos 70/80, e vi que em algumas fotos antigas, existiam barracas canadenses com varanda...seria possivel isso??? Ou alguma gambiarra de campista???

Meu lado curioso despertou, e pesquisando e conversando c/ campistas das antigas, descubro que realmente existia um complemento da barraca que eles na época chamavam de “cozinha”. Depois de muita pesquisa, recorri ao M.L e achei  uma pessoa em São Paulo, na Vila Maria que estava vendendo suas tralhas para desocupar espaço, era o bendito complemento, e suas ferragens, não resisti e bati o martelo.

De tão generosa, essa pessoa, alem de me vender po uma bagatela o complemento da barraca e suas ferragens, ainda me mandou um pequena canadense p/ 2 pessoas, completa e em perfeitas condições. A qual eu presentiei meu irmão (Ricardo) para ele levar sua noiva (Sandra) para acampar em Brotas e assim formar mais uma campista na familia.
O complemeto estava impecável, e por ter ficado tanto tempo encostado só precisava de uma boa lavada, assim como a pequena canadense. Corri na hora do almoço, de Campinas S.P - Vila Maria S.P, ida e volta em tempo recorde, com as novas aquisições no porta mala, contando so minutos para as 17:00, cheguei em casa, nem esperei o dia seguinte, a noite mesmo, coloquei tudo num tambor com muito sabão OMO, alguns esfrega, e já deixei de um dia p/ outro, ficou perfeita.





Um abraço.
Familia Costa

quinta-feira, 3 de maio de 2012

BARRACA CANADENSE

Tudo na vida tem lá sua origem, menos o universo que até dias atuais os cientistas ainda batem a cabeça criando novas teses.
Minha velha barraca canadense branca e vermelha, não podia ser diferente, e eu não poderia deixar de contar sua origem...
Tudo começou na idéia de dar um perdido nos pais da minha namorada (atual esposa), como todo estudante que se preze, eu não podia fugir da regra, vivia na pindura,  gastando o pouco salário de começo de carreira como técnico com a mensalidade da facul, o combustivel do velho Passat GTS 82 que bebia horrores de gasolina, e alguns poucos que de vez em quando sobrava com a namorada.
Sem grana sobrando para pagar um hotel/chalé/pousada decente, numa procura pelo M.L, achei a foto da velha canadense, com seu vermelho e branco atraindo minha atenção, não podia ter outra saida, consumista que sou, com uma idéia fixa na cabeça, fui a compra. Descobri que os vendedores eram de Campinas S.P, minha cidade, consegui o contato telefônico, diblamos o M.L evitando as taxas cobradas,  marcado o local p/ encontro, lá fui eu com a grana contada no bolso e um sorriso de uma orelha a outra...
Chegando ao local, uma casa da década de 70, no bairro Vila Estanislau, fui recebido por 4 jovens, trajados de Jamaicanos, estilo Bob Marley, cabelos rastafari, verdadeiras figuras. Logo pegaram a velha canadense, e foram abrindo na garagem e dando dicas de montagem, proteger a barraca. Fiquei impressionado pela quantidade de dicas e detalhes de cuidados que aqueles 4 figuras me passaram, fica ai uma lição, “Não se deixe levar pela aparência, nem pela primeira impressão”.
A barraca estava em ótimas condições as quais cuido até hoje p/ preserva-la, a unica coisa que não me agradou, foi que a barraca era usuaria de Canibis. Levei  1 semana, deixando a barraca de molho, trocando a agua p/ retirar o cheiro de maconha impregnado no tecido dela.
Barraca lavada, nenhuma experiência de monta-la, respirar fundo e vamos a parte dificil, convencer a namorada que temia a repressão dos pais e as broncas futuras a encarar a aventura... essa parte fica o proximo post...
Um abraço.
Familia Costa.

REDESCOBRINDO A BARRACA

Um final de semana qualquer, na sala de casa, eu, meu irmão (Ricardo), minha esposa (Andreza) e minha futura cunhada (Sandra), todos conversando, e ai veio o a parte "recordar é viver".
Eu e minha esposa contando sobre nossa primeira experiência de camping em Brotas (Camping do Jacaré), numa época que só bastavam a barraca e 2 colchonetes, e um feriado de carval de 2003. As crianças prestando atenção curiosas c/ as fotos da barraca, minha cunhada entrando na idéia de que acampar é legal, e as histórias das vezes que emprestei a barraca p/ meu irmão acampar c/ os amigos. E ai veio a pergunta...
- E a barraca, ainda existe??
-Sei lá, tá lá num canto...acho que perdeu algumas peças...
Eis que bate a curiosidade...
-Vamo lá pegar ela, ver se tá inteira, as crianças tão curiosas mesmo...
Para a surpresa de todos...a barraca estava intacta...tirando o mal cheiro...



Uma boa lavada depois, e um dia de sol, minha filha e meu pequeno moleke me fizeram passar uma noite acampado no quintal. Todos felizes e a velha barraca canadense voltando a ativa...

1º POST

Depois de alguns anos mocosado em casa por conta de um ínicio de vida a 2, logo em seguida o nacimento da minha filha Isadora, hj com 4 anos e recentemento o nacimento do meu pequeno Eduardo,hj com 2 anos.
Voltamos a tona com tudo que temos direito, tiramos a barraca do quarto da bagunça, demos uma boa lavada, alguns dias de sol, varias pesquisas na internet, blogs de amigos p/ atualizar sobre quais campings ainda funcionando e quais novos p/ explorar, varias pesquisas em sites de vendas p/ dar uma turbinada nas tralhas, varios dias rodando a cidade e lojas de ferragens p/ renovar e criar novos equipamentos, e depois de tudo isso, a merecida recompensa, o retorno ao Ecoturismo.
Estamos de volta ne estrada, na trilha e no mato, e agora com mais 2 novos aventureiros Isa & Dudu, que venha o Sol, a Chuva, o Vento, a Poeira, o Calor, o Frio e muitas noites de céu estrelado e Lua Cheia.
Abraços a todos.
Famila Costa.